Futebol Feminino em Mocambique ...

Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Futebol Feminino em Moçambique

Este blog tem como objectivo divulgar informação de carácter desportivo

Futebol Feminino em Moçambique

Este blog tem como objectivo divulgar informação de carácter desportivo

Mesa da AG da FMF obriga cidade de Maputo a ir a votos

AG.jpg

 

A Mesa da Assembleia Geral da Federação Moçambicana de Futebol, na pessoa do seu presidente, Alcido Nguenha, instou ao vice-presidente da Mesa de Assembleia Geral da Associação de Futebol da Cidade de Maputo, a marcar eleições antecipadas, em virtude da renúncia de grande parte dos membros do executivo que gere o futebol na capital do país, que seguem na lista de candidatura de Amilcar Jossub, a cargo de presidente da Federação Moçambicana de Futebol.

A recomendação da Mesa da Assembleia Geral da FMF é que a eleição seja feita antes de 14 de Dezembro, por forma a que o candidato eleito ao nível da Associação de Futebol da Cidade de Maputo possa representar esta agremiação no acto eleitoral da escolha do presidente do organismo que tutela o futebol moçambicano, a Federação Moçambicana de Futebol. Ou seja, segundo entendimento da recomendação de Alcido Nguenha, esta Associação só terá direito a voto caso já tenha uma direcção eleita em sede própria, depois da renúncia do então presidente, Amilcar Jossub, agora candidato à presidência da FMF.

Ao todo foram 11 os membros do executivo da cidade de Maputo que renunciaram a seus cargos para fazerem parte da lista de candidatura à presidência do organismo máximo do futebol moçambicano, nomeadamente Carlos Cauio, presidente da Mesa de Assembleia Geral, Amilcar Jossub, presidente de direcção executiva, Benjamim Nandja, vice-presidente da Área Financeira, Omaire Gafur, vice-presidente da Alta Competição, Pedro Chaúque, Presidente do Conselho Fiscal, Carlos Martins, Presidente do Conselho Jurisdicional, Ermenegildo Guilaze, Vice-presidente do Conselho Jurisdicional, Dércio Lopes, Secretário do Conselho Jurisdicional, Sónia Chambe, Tesoureira, Arlindo Guilamba, vogal do Conselho Jurisdicional e Claudete Pereira, vogal, que está na lista de candidatura de Feizal Sidat.

Assim, a Associação de Futebol da Cidade de Maputo terá que realizar eleições nos próximos dias, quando a mesma associação tinha projectado o escrutínio para dia 20 de Dezembro, como forma de preparar da melhor forma possível toda documentação a ser debatida na Assembleia Geral extraordinária e eleitoral.

 

Fonte:Opais

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.